quinta-feira, 15 de fevereiro de 2007

Vivam as comadres!


Depois dos compadres, que se divertiram à grande na semana passada, é a vez das comadres viverem o seu dia, saindo à rua para celebrar o facto de terem nascido mais giras que nós homens.
Quando começou tradição ninguém sabe ao certo, mas diz-se que já se comemora este dia desde o final do século XIX. Nos Açores a maior parte dos festejos vai ocorrer em clubes de strip-tease, e quem não marcou jantar fora o melhor é pensar em jantar em casa. Até as cabeleireiras estão sem mãos a medir. A loucura está instalada.
Há outras comadres que preferem celebrar o dia com as suas amigas do peito, evitando grande agrupamentos ou frenesins. Seja como for, o que importa é assinalar a data e a amizade que as comadres têm umas com as outras.
O Fusco gostaria de dar os parabéns a todas as mulheres que visitam este espaço, e também às que nunca cá virão parar. Afinal, onde residiria a beleza no mundo se não fossem elas?

2 comentários:

ceição disse...

E nos homens,não?

alexmanuela disse...

"(...)o facto de terem nascido mais giras que nós homens." Isso foi muito simpático caro Fusco; mas vocês também nao estão nada mal..Quanto ao dia das comadres, parece-me uma tradição abominável! As comadres nao são aquelas que andam sempre a maquinar, causando perturbação na vida alheia?