quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Tempo para a seriedade



Apesar de termos achado os últimos filmes uns furos abaixo daquilo que nos têm habituado, continuamos a seguir as aventuras cinéfilas dos irmãos Cohen com muita atenção. "A Serious Man" a 14ª longa-metragem construida numa saudável irmandade, estreia esta semana nas Américas - quanto a nós teremos de esperar uma eternidade.

A sinopse reza mais ou menos assim:

O prólogo passa-se numa vilória polaca do séc. XIX, onde uma lenda popular neo-chassídica se desenrola em iídiche.

O cerne de "A Serious Man" desenvolve-se em torno dos labores de Larry Gopnik (Michael Stuhlbarg), um professor de Física que tem absoluta necessidade de um metafísico. O irmão é um calão; o filho, um charrado calculista; a filha anexou a casa de banho; a mulher trocou-o por um pateta untuoso; um dos seus alunos está a tentar suborná-lo para conseguir uma boa nota; e um escriba de pena envenenada ameaça sabotar- -lhe as hipóteses de um lugar de ensino.

Tentando desesperadamente encontrar sentido nos destroços da sua vida, Larry Gopnik procura orientação espiritual junto de três rabis, para conseguir tornar-se uma pessoa de peso, um homem sério.
[In jornal i]

O Fusco deixa o trailer e indica o caminho para um artigo do jornal i.

Artigo no jornal i

Sem comentários: